Formação

Em Portugal são ainda exíguas quer as competências na conceção de políticas públicas, quer as oportunidades de formação específica nesta área. Trata-se de um obstáculo que urge ultrapassar para potenciar a eficácia e a eficiência seja das estruturas técnicas, seja das estruturas diretivas responsáveis pelas políticas públicas e sociais.
As respostas às necessidades de formação têm que ser capazes de ir mais além das respostas convencionais, adaptando-se às reais necessidades das instituições e das pessoas, seja, por exemplo, através de formação “à medida” ou de curta e de muito curta duração, seja através de ofertas destinadas à reconversão de trabalhadores para áreas de maior procura, nomeadamente aqueles que se encontrem em situação de desemprego.
A formação desenvolvida pelo IPPS-IUL enquadra-se numa instituição universitária de referência, que assegura a superintendência científica e pedagógica dos cursos, possibilitando aos formandos a obtenção de créditos para efeitos de prosseguimento de estudos.