1ª edição (2015) - Curso de Especialização em Comunicação Visual de Informação

Apresentação

1ª edição (2015)

A 1ª edição do curso de especialização de Comunicação Visual de Informação desenvolveu competências em Visualização de Dados, Estatística e Análise de Dados, Jornalismo de Dados, Design de Informação e Mapas Temáticos/Estatísticos.
Decorreu entre setembro e novembro de 2015 e obteve uma avaliação muito positiva por parte dos participantes provenientes do Banco de Portugal, INE-Instituto Nacional de Estatística, Banco BPI, Leya, Cenfim, AD&C-Agência para o Desenvolvimento de Coesão, AdI-Agência de Inovação, Português Claro, entre outras organizações.
O processo de aprendizagem envolveu a elaboração de um produto de divulgação de informação quantitativa e qualitativa. A opção por um formato de poster favoreceu a síntese e a organização estruturada da informação.
Os posters comunicacionais foram desenvolvidos ao longo do curso por equipas multidisciplinares de participantes das áreas de economia, design, estatística, sistemas de informação, etc. Após a sua conclusão, foram expostos publicamente no ISCTE-IUL. A recetividade com que estes trabalhos foram acolhidos superou as expetativas e atingiu diversos públicos, internos e externos.

Trabalhos finais realizados na 1ª edição do Curso de Especialização em Comunicação Visual de Informação:

   

                                                                 
                                 

Posteriormente, alguns destes trabalhos foram utilizados como instrumentos de divulgação no seio dos organismos cuja informação é retratada no poster, comprovando a necessidade, utilidade e a forte componente comunicacional desta formação.

Exemplos de outros trabalhos realizados, no âmbito de aulas práticas:

           

Este curso contou também com a realização de uma Masterclass, uma aula aberta ao publico sobre os problemas da visualização de dados.


Testemunhos sobre os pontos fortes do curso:

“Curso do séc. XXI, pioneiro e muito atual.”

“Curso que aparece numa altura ideal, quando surgem nas empresas as preocupações com o big data.”

 “A diversidade, seja de temas, de professores oriundos de áreas académicas e profissionais distintas, ou de alunos. Gostei da abrangência, isto é, da análise do tema da visualização de dados de diferentes perspetivas. Gostei das ferramentas que desconhecia e que me permitem agora apresentar visualmente informação de forma mais adequada e atrativa, do que antes.”

“Vertente prática de exemplos e partilha de experiências.”

“O curso colocou-nos a pensar para além do que conhecemos.”

“O nosso olhar sobre as imagens nunca mais foi o mesmo.”












Imprimir em PDF