Seminário de Especialização em Ética e Transparência no Desporto: Como Deter os Resultados Combinados

Resumo:

A corrupção tornou-se uma questão relevante na indústria do desporto. Rejeita o espírito olímpico e a natureza dos jogos e competições. Se há anos atrás o doping era uma enorme ameaça, no ano passado, diferentes escândalos sobre manipulação de resultados colocaram este fenómenos na agenda política do desporto e das instituições governamentais. Apesar de as apostas e as manipulações não serem novidade no desporto, actualmente tornou-se um negócio global e multibilionário (Sportaccord Guia Integrity), graças à internet e às novas tecnologias.

A Comissão Europeia e o Conselho da Europa reconheceram o problema e sugeriram recomendações de forma a preveni-lo. Instituições desportivas como a FIFA, UEFA, as Ligas Profissionais Europeias (EPFL), ou o Comité Olímpico Internacional começaram a trabalhar sobre o assunto criando departamentos especiais, códigos de conduta e programas de combate à corrupção, de forma a salvaguardar a integridade das suas competições. Neste contexto, todos os gestores desportivos e aqueles que pretendam integrar a indústria do desporto devem obter formação e informação sobre como evitar a manipulação de resultados, proteger a integridade do desporto e ser parte integrante das soluções aplicadas.

Os objectivos do Seminário de Especialização em Ética e Transparência no Desporto são:
- Contribuir para o combate à manipulação de resultados, especialmente relacionados com apostas desportivas, ajudando a proteger os valores de “fair play”, integridade e espírito desportivo no futebol.
- Aumentar a consciencialização sobre o risco envolvido na corrupção para o espírito olímpico e para a natureza do desporto. - Contextualizar as atuais práticas de corrupção desportiva, nomeadamente, as ameaças que ocorrem no futebol.
- Analisar como e porque é que a manipulação de resultados entrou na agenda política do desporto e das instituições governamentais.
- Explicar como funciona o mundo das apostas hoje em dia e as possibilidades que esta prática oferece à chamada lavagem de dinheiro.
- Alertar para a necessidade de defender o desporto da corrupção e manipulação de resultados e de desenvolver uma cultura de integridade nos adeptos.


Apresentação:

Refletir sobre a corrupção no desporto e estudar formas de a combater

Áreas temáticas:

Políticas Públicas

Programa:

Unidades Curriculares:

Ética e Transparência no Desporto: como deter os resultados combinados

Destinatários:

Titulares de licenciatura, profissionais de diferentes áreas que queiram desenvolver uma carreira gratificante na indústria do desporto, profissionais e membros de ONG’s que pretendam obter conhecimentos e competências no combate à corrupção no desporto e, principalmente, em como impedir a manipulação dos resultados; pessoas da indústria do desporto em todos os níveis: funcionários, jogadores - profissionais e amadores, nomeadamente camadas jovens -, treinadores, dirigentes de clubes juvenis, técnicos (por exemplo, médicos, fisioterapeutas, etc.), árbitros e outros funcionários desportivos que trabalhem em e com os clubes, federações e associações desportivas e membros de Justiça, de departamentos de investigação e gabinetes de segurança que lidem com problemas de corrupção.

Coordenação:

Marcelo Moriconi

Equipa docente:

Marcelo Moriconi

Informações Gerais:

ECTS:

6

Horário:
20 horas presenciais / 1 semestre - pós-Laboral
Custo:
420,00€ ao qual acresce o valor de inscrição (10,00€) e de candidatura (25,00€).
Local:

ISCTE-IUL | Lisboa

Vagas:
25

Contactos:

IPPS-IUL – Instituto para as Políticas Públicas e Sociais
Av. das Forças Armadas, Edifício I, Gabinete 2SE03, 1649-026 Lisboa
Horário de atendimento:
De segunda a sexta feira das 10h00 – 13h00 | 14h30 – 18h00
Correio eletrónico: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Telefone: 210 464 021/210 464 316